Saúde

O STI oferece um seguro de saúde e um cartão de saúde, com condições vantajosas na assistência médica, sem quaisquer encargos adicionais para os associados e extensível ao agregado familiar a preços reduzidos.

 

 

SEGURO DE SAÚDE

Foi renovado o Seguro de Saúde STI/MÉDIS para a anuidade 2017.

A taxa de sinistralidade, na anuidade 2016, rondou os 104%, isto é, foram pagos pela seguradora através de comparticipações/indemnizações mais 4% do valor dos prémios pagos. Recorda-se que no ano anterior a taxa de sinistralidade final foi de 137%, assim e apesar das correções introduzidas ainda não se atingiu o ponto de equilíbrio, contudo estamos em vias de o conseguir e de podermos, na próxima anuidade, aumentar as garantias do seguro de saúde, com segurança.

Assim, o prémio dos membros do Agregado Familiar passará, a partir de janeiro de 2017, para 13,00 €/mês/membro do agregado familiar. Temos consciência que este é um aumento significativo mas, apesar disso, para a faixa etária dos Sócios do STI e da esmagadora maioria dos membros do Agregado Familiar inscritos no Seguro de Saúde, é ainda um valor muito vantajoso e sem paralelo em seguros de saúde individuais.

Apesar disto foi possível aumentar o Capital para internamento ou intervenção cirúrgica que passou de 30.000,00 € para 32.500,00 €.

A MÉDIS disponibiliza ainda um outro conjunto de serviços de Saúde e Prevenção, de que destacamos: 

  1. LINHA MÉDIS TRIAGEM CLINICA

A linha MÉDIS Triagem Clinica é um serviço de aconselhamento telefónico garantido por enfermeiros especializados, disponível para as pessoas seguras e que funciona 24 horas por dia, 7 dias por semana e 365 dias por ano. 

  1. MÉDICO ASSITENTE MÉDIS

É um médico especialista em Medicina Geral e Familiar ou em Medicina Interna, com pelo menos 10 anos de experiência profissional, que funciona como um médico pessoal, acompanhando e aconselhando os clientes MÉDIS. 

  1. REDE DE SERVIÇOS MÉDICOS

A Rede de Serviços Médicos MÉDIS é constituída por um conjunto de prestadores de cuidados de saúde selecionados, com acesso a tecnologia avançada e que conta com uma ampla cobertura nacional para dar resposta às mais variadas necessidades dos clientes MÉDIS. 

  1. REDE DE SAÚDE E BEM-ESTAR

Através da Rede de Saúde e Bem-Estar a MÉDIS disponibiliza o acesso em condições vantajosas a serviços que poderão contribuir para a prevenção na saúde e para a adoção de estilos de vida saudáveis.

 

Foi ainda negociado e aceite que:

1. Os Sócios que inscrevam os membros do seu agregado familiar no seguro de saúde, até 28 de fevereiro de 2017, não terão qualquer período de carência;

2. Poderão, para além dos cônjuges e filhos, ser também inscritos os netos dos Sócios, até aos 25 anos.

MANUAL DE PROCEDIMENTOS

Informação detalhada para os sócios tomadores do seguro e segurados

NOTAS INFORMATIVAS

Para consultar esta informação entre aqui. Obrigado.

IMPRESSOS

Para consultar esta informação entre aqui. Obrigado.

CARTÃO DE SAÚDE

ADESÃO À ASSISTÊNCIA MÉDICA DO SINDICATO DOS FUNCIONÁRIOS JUDICIAIS (AMSFJ)

I – APRESENTAÇÃO

A Direção Nacional do STI decidiu renovar a parceria com o Sindicato dos Funcionários Judiciais (SFJ), para que os Sócios do STI possam ter acesso à rede de prestadores convencionados da Assistência Médica do SFJ, em condições rigorosamente iguais às dos Sócios do SFJ, sem qualquer encargo adicional para os Sócios do STI.

Esta assistência médica tem por objetivo possibilitar aos seus associados e respetivos familiares, o acesso em condições vantajosas a um conjunto de serviços prestados por médicos e clínicas privadas de excelência.

Esta assistência médica carateriza-se pela redução inicial do custo do ato médico prestado sendo que o valor suportado pelo sócio pode ainda ser comparticipado pela ADSE assim como pelo seguros de saúde do STI.
A Assistência Medica proporcionada por este cartão  aos seus beneficiários abrange as seguintes modalidades:
  • Consultas de clínica geral e de especialidades,  incluindo visitas domiciliárias;
  • Meios auxiliares de diagnóstico;
  • Meios de terapêutica;
  • Intervenções cirúrgicas;
  • Internamentos;
  • Enfermagem;
  • Tratamentos termais.
Podem usufruir da AMSFJ todos os beneficiários que se identifiquem com o cartão válido emitido pelo SFJ e que se encontrem em situação que permita manter a qualidade de beneficiário.
As vantagens oferecidas pela AMSFJ são obtidas através do recurso a médicos, estabelecimentos hospitalares ou quaisquer outros estabelecimentos com convenção com o SFJ.

II – BENEFICIÁRIOS

  • São Beneficiários Titulares da Assistência Médica do Sindicato dos Funcionários Judiciais, os sócios do STI, que, nos termos do art.º 8.º dos Estatutos, detenham essa qualidade.
  • Podem inscrever-se como beneficiários familiares os membros do agregado familiar dos Beneficiários Titulares, identificados no artigo anterior, desde que devidamente inscritos por estes na AMSFJ, através do STI.
  • Consideram-se membros do agregado familiar:
    1. O cônjuge não divorciado ou judicialmente separado do beneficiário titular, mesmo para além da morte deste;
    2. O cônjuge que viva maritalmente com o beneficiário  titular, desde que a união de facto se mantenha há pelo menos 6 meses e que este se encontre numa das seguintes situações (solteiro, separado judicialmente de pessoas e bens, divorciado ou viúvo);
    3. Os descendentes até ao 2º grau, ou equiparados, do  beneficiário titular ou do seu cônjuge;
    4. Os ascendentes até ao 2º grau, ou equiparados, do associado ou do seu cônjuge.
  • Os familiares identificados número no anterior de beneficiário titular falecido mantêm a sua qualidade de beneficiário familiar.
  • Podem ser inscritos os filhos do beneficiário titular cujo nascimento ocorra após a morte deste.
  • Consideram-se equiparados aos descendentes os tutelados, adotados e os menores, que por sentença judicial sejam confiados ao beneficiário titular ou ao seu cônjuge.

III – CARTÃO DE BENEFICIÁRIO

Aos sócios do STI será enviado um cartão, sem quaisquer custos, que será válido até Dezembro de 2017, com a identificação e  com o n.º de beneficiário.

IV – ADESÃO DOS ELEMENTOS DO AGREGADO FAMILIAR

Para efeitos de inscrição dos membros do agregado familiar, identificados em II – 2. será emitido um formulário, que acompanhará os cartões a distribuir aos sócios, onde deverão ser indicados os elementos solicitados.

O custo de cada um destes cartões é de 10 euros e terá a validade (até Dezembro de 2017) igual ao cartão do sócio titular.

Alerta-se os Sócios do STI que inscreveram na Assistência Médica do Sindicato dos Funcionários Judiciais membros do seu agregado familiar que estas inscrições, ao contrário das dos Sócios, não se renovam automaticamente.

Os Sócios que mantenham interesse em incluir membros do seu agregado familiar devem, mesmo que os tivessem inscritos no período que terminou a 31 de dezembro de 2015, proceder a nova inscrição, preenchendo o boletim de inscrição que se anexa, e proceder ao pagamento conforme instruções contidas no próprio impresso.

Caso pretenda inscrever os membros do seu agregado familiar deverá utilizar o boletim de adesão que anexamos. Após preenchimento do respetivo boletim deverá proceder ao pagamento por transferência bancária para o NIB: 0035 0346 00000431430 58 e enviar para o STI o boletim de inscrição e o comprovativo da transferência bancária.

V – CONJUGAÇÃO DOS VÁRIOS SUBSISTEMAS DE QUE O SÓCIO DO STI BENEFICIA

A utilização conjugada destes três sistemas – ADSE, ASSISTÊNCIA MÉDICA DO SFJ E SEGURO DE SAÚDE STI/MÉDIS – pode trazer vantagens significativas. Antes de mais convém destacar que:

1. Quer a utilização do cartão da Assistência Médica do Sindicato dos Funcionários Judiciais (AMSFJ), quer a utilização do cartão MÉDIS não inviabilizam a remessa para comparticipação da ADSE;

2. Igualmente a utilização de qualquer destes cartões não inviabiliza a remessa para o Seguro de Saúde, após a comparticipação da ADSE (recorda-se que existem situações em que a comparticipação do Seguro de saúde STI/MÉDIS é efetuada com base em fotocópia e sem necessidade de aguardar pela comparticipação da ADSE e pela declaração desta entidade para efeitos de complemento de comparticipação). (ver “COMPARTICIPAÇÃO DE DESPESAS – PRAZOS DE REMESA E DOCUMENTOS A ENVIAR” do MANUAL DO SEGURO DE SAÚDE no site do STI).

Assim, e para potenciar o benefício, deverá, em cada caso concreto e em função do prestador, aferir qual a melhor forma de utilizar os cartões.

Devem portanto os sócios, em cada caso, aferir a melhor forma de os utilizar. Por regra, tendo o prestador acordo com a ADSE, é mais vantajoso utilizar esse sistema primeiro e enviar depois o recibo do que ficou a seu cargo, para comparticipação do seguro de saúde. Não tendo o prestador acordo com a ADSE, então há que aferir se está incluído na rede da AMSFJ e, neste caso, o que pagar deve ser enviado para comparticipação da ADSE e, ainda pode enviar para o STI, para comparticipação do seguro de saúde STI/MÉDIS.

VI – CONSIDERAÇÕES FINAIS

A listagem dos prestadores de cuidados de saúde convencionados é atualizada frequentemente e poderá ser consultada no site do Sindicato dos Funcionários Judiciais em http://www.sfj.pt/servicos/assistencia-medica

O Departamento da Assistência Médica do S.F.J. continua a envidar esforços no sentido de alargar a todo o território o estabelecimento de protocolos com entidades de assistência (médicos, clínicas e hospitais).

Apesar de já existir uma rede de cobertura territorial bastante significativa e diversificada, verifica-se o que, aliás, é comum na generalidade quer do sector público quer particular, que em determinadas zonas, designadamente do interior, há dificuldades que queremos minorar.

Nesse sentido, agradecemos a colaboração dos sócios residentes nas áreas dos distritos de Bragança, Castelo Branco, Faro, Guarda, Portalegre, Vila Real e Viseu, bem como das Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira que tenham contactos com potenciais aderentes ao estabelecimento de protocolos e que sejam considerados de interesse geral, canalizem os mesmos para o STI que os fará chegar ao Departamento respetivo do SFJ, com indicação sumária da sua área funcional e do respetivo contacto, preferencialmente via e-mail, a fim de serem analisados.

Em caso de dúvida não deixe de contactar o STI.

BOLETIM DE INSCRIÇÃO E REDE DE PRESTADORES

Para consultar esta informação entre aqui. Obrigado.

Agora já pode submeter os pedidos de comparticipação á ADSE on line. É também através da ADSE online que pode obter a declaração para efeitos de complemento de comparticipação para posterior  remessa ao seguro de saúde, nos casos em que tal é necessário.